terça-feira, 23 de março de 2010

Dicas para escolher o nome do bebê - Parte 1

Crédito: Parents.com
Escolher um bom nome para o bebê não é tarefa fácil. Afinal, trata-se da palavrinha que identificará seu filho para o resto da vida, portanto, é uma enorme responsabilidade!

Há incontáveis opções de acordo com o gosto dos pais: tem sempre aqueles que preferem nomes tradicionais, enquanto outros preferem algo mais moderno e original. Além disso, a influência da moda e da opinião de parentes e amigos muitas vezes complica ainda mais a tarefa. Mas não se desespere: aqui vão algumas dicas que facilitarão a escolha e ajudarão a evitar problemas futuros:

1. Procure fazer uma lista com seus nomes favoritos e peça ao seu parceiro que faça o mesmo. É bom que se tenha sempre a lista em mãos, pois a inspiração pode vir nos momentos mais inusitados.

2. Discuta ambas as listas com seu parceiro, e eliminem aqueles nomes que algum de vocês odeia ou que remete más lembranças.

3. Diga cada um dos nomes em voz alta, acompanhado pelo sobrenome que o bebê terá; repita várias vezes, prestando atenção a possíveis onomatopeias, trocadilhos ou cacofonias. Como soa o nome completo? O nome combina com o sobrenome? Lembre-se de que nomes longos soam melhor com sobrenomes mais curtos e vice-versa.

4. Pense em todos os potenciais apelidos ligados a ele, para ver se não há nenhum "perigoso". As crianças podem ser bastante cruéis e sua criatividade para fazer brincadeirinhas (nem sempre de bom gosto) é infinita. Vale a pena evitar nomes que possam causar apelidos ou chacotas constrangedoras na escola (por exemplo, o inofensivo Sofia pode virar "so fia da mãe", “so fia do leiteiro", “sofria”, "sofrida", e coisas ainda piores).

5. Procure o significado de cada um dos nomes que restam na lista. No dia a dia, quase ninguém se importa com o significado dos nomes, mas para os pais, esse pode ser um fator de eliminação caso o nome tenha uma origem negativa. Além disso, um significado bem bonito pode fazer com que vocês amem o nome ainda mais e será motivo de orgulho para a criança no futuro.

Veja também: